Pincel DuoFiber

Pincel DuoFiber
Pincel para a aplicação de base líquida

sábado, 4 de julho de 2015

Ler para se mover: Cidades de Papel, de John Green

Sinopse de orelha:

Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita.

Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.

Minha resenha:

Uma outra face de John Green
Para quem leu "A Culpa das Estrelas" e não gostou da apelação sentimental do autor (igualzinho a mim), "Cidades de Papel" pode te encantar. Se tivesse lido esse livro antes teria ficado fã de carteirinha do autor, pena que isso não aconteceu, já que o "Okay? Okay..." veio antes. Mas vamos ao que interessa: não me proponho a fazer um resumo do livro (acho que a orelha dele já cumpre esse propósito), então darei minhas impressões mais profundas. Posso dizer que esse livro é muito pouco comercial, pois é uma história muito mais profunda e feita para se refletir sobre. Há muitas impressões psicológicas durante toda a trama, coisa que aprecio bastante, já que são poucos que executam bem a tarefa. E John Green me conquistou com isso. Saindo do lugar comum, ele explora o verdadeiro "eu" das pessoas, sendo o ponto central do livro. Será que realmente conhecemos as pessoas que nos cercam? Vemos as pessoas através de um espelho ou de uma janela? Além da trama BEM sacada, o protagonista convence: um garoto comum, com desejos e sonhos, se depara com um mundo pouco ortodoxo e decide entendê-lo, exatamente como propõe a co-protagonista. A entrada inesperada de outros personagens na jornada dá um toque divertido e realista, expondo a força da amizade e da vontade de recordar. Sem apelar para o dramalhão do câncer (coisa que reprovo no seu livro mais famoso), os momentos de tensão e tristeza me emocionaram mais, criando uma realidade verdadeira e ao mesmo tempo fantasiosa, tudo o que queremos para nossa vida real. O final não foi exatamente o que eu queria, mas era o esperado, então não decepcionou em nada. Aconselho esse livro firmemente para os amantes ou não de Hazel Grace e Augustus Waters e confesso que estou ansiosa pelo filme, que será lançado em breve. (via Skoob)

Classificação:

ENREDO: *****
PERSONAGENS: *****
INÍCIO: ****
MEIO: *****
FIM: ***
DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: ****

NOTA FINAL: 4,3 de 5

de 0 a 1,0 - não vale a leitura
de 1,0 a 2,0 - não vale a compra
de 2,0 a 2,5 - regular
de 2,5 a 3,0 - bonzinho
de 3,0 a 3,5 - bom
de 3,5 a 4,0 - muito bom
de 4,0 a 4,5 - ótimo
de 4,5 a 5 - excelente

LIVRO BOM PARA: ler debaixo das cobertas, ler no ônibus, ler sozinha ou acompanhada, levar no ebook para ler quando quiser, ler rapidinho ou demorado.

VAI VIRAR FILME!


Algumas passagens do livro para dar água na boca (ou não):
http://s3.amazonaws.com/img.iluria.com/product/124EA8/2AA3AF/450xN.jpg
https://36.media.tumblr.com/90bd12045ea8ef92301addcd084ed4db/tumblr_my9g89SjqZ1sw9u8vo1_500.jpg
http://3.bp.blogspot.com/-UkTULnqmR6s/UtnKC-EbVyI/AAAAAAAAHJg/oSqhmV1asZk/s1600/12.png
Sobre o autor:

Com mais de 1 milhão de seguidores no Twitter, é autor best-seller do The New York Times, premiado com a Printz Medal e o Printz Honor da American Library Association e com o Edgar Award, além de ter sido duas vezes finalista do premio literário do LA Times. Com o irmao, Hank, mantém o canal do YouTube "Vlogbrothers", um dos projetos de vídeo on-line mais populares do mundo. Mora com a mulher e o filho em Indianápolis, Indiana.



Você também fez uma resenha sobre "Cidades de Papel"? Então envie o link de sua postagem para o email helenafilpopdabeleza@yahoo.com.br para citar seu blog aqui. E esperamos que você faça o mesmo, ok? #uniaodablogosfera

Nenhum comentário:

Postar um comentário